Cantores promovem noite de adoração para financiar obra missionária em Recife

O encontro “Som do Reino”, que acontecerá no dia 28 de junho em São Paulo, pretende destinar todo seu lucro para o Nordeste do Brasil.

Uma noite de adoração em São Paulo terá um grande reflexo no campo missionário de Recife, em Pernambuco.

O encontro “Som do Reino” pretende destinar todo seu lucro ao Shores Of Grace, um ministério de adoração e missões que trabalha resgatando mulheres em situação de prostituição e crianças em risco no Nordeste do Brasil.

Conduzida pelos cantores André Aquino e Martin Smith, a noite de adoração irá acontecer no dia 28 de junho, às 19h30, na Igreja Missionária Oriental de São Paulo, na região central da cidade.

Em entrevista ao Guiame, Aquino conta que conheceu a base do ministério em Recife no ano passado e foi tocado por suas necessidades. “Uma palavra que Deus me deu é que o palco vai sustentar o campo missionário. Em cima dessa palavra estamos fazendo isso”.

O americano Martin Smith, que é fundador da banda Delirious?, também tem utilizado a música para promover  a obra missionária. “Ele foi quem começou esse movimento de refletir o que acontecia nas plataformas da igreja em missões. Esse é o coração por trás da noite Som do Reino”, afirma Aquino.

Resgate nas ruas

Liderado pelos americanos Nic e Rachael Billman, que atuam como missionários no Brasil, Shores of Grace possui diversas vertentes para propagar o Evangelho no Nordeste.

Os recursos do encontro “Som do Reino” pretendem apoiar especificamente o projeto Vila Betânia, um lar para meninas e bebês no Município de Jaboatão dos Guararapes (PE). Sua equipe trabalha junto com a vara infantil regional para determinar se existe a possibilidade da reintegração com a família biológica.

Além disso, o ministério realiza outros projetos de impacto, como o Banquete do Amor do Pai, que mensalmente convida mulheres em situação de prostituição para um jantar especial com Deus. Durante a noite, elas recebem o amor do Pai através de louvor, presentes, testemunhos e da Palavra.

O evangelismo nas ruas e comunidades carentes com focos em travestis, criminosos e pessoas em risco também é parte das ações do Shores of Grace.

Aquino relembra que a promessa de Deus para o Brasil é que a nação será um celeiro de missionários. “Isso nunca deixou de ser promessa de Deus. Creio que por causa do nosso orgulho e outros caminhos que decidimos tomar, temos sido um celeiro de artistas ou qualquer outro tipo de pessoas que não sejam missionários”, ele observa.

“Não que seja errado ser artista. Eu sou um artista e todo mundo que faz arte é artista, mas eu creio que a nossa identidade é de missionários. Mesmo sendo adorador, eu sei que adoração não é meu chamado. Meu chamado é ser igual a Jesus e refleti-Lo para a sociedade. Eu faço isso através da adoração e da música”, ele acrescentou.

Via: Guiame