Feliciano diz que Paula Lavigne pediu sua cabeça

Deputado foi acusado de usar letra de música e imagem de Cazuza indevidamente

O deputado federal Marco Feliciano divulgou um post no Twitter neste sábado (11) em que afirma que Paula Lavigne, mulher de Caetano Veloso, pediu a sua cabeça para Lucinha de Araújo, a mãe de Cazuza.

O deputado teria feito a descoberta depois que a mãe do cantor deu uma entrevista ao jornal O Globo alegando que Paula Lavigne afirmou que ele teria usado a imagem e a música de Cazuza de forma distorcida.

Ao publicar um vídeo criticando a Rede Globo, Feliciano teria usado o trecho de uma música do Cazuza sem autorização prévia.

Feliciano, então, recebeu uma ordem judicial para a retirada do material do ar. Após ser notificado, postou um novo vídeo afirmando que o antigo “foi censurado”. O deputado acredita que a medida tem a intenção de “tentar cercear mais um parlamentar”.

Confira abaixo os posts do parlamentar sobre o caso:

1) “Ontem por piedade concedi uma entrevista ao decadente @OGloboPolitica sobre a censura a mim promovida pela mãe do cantor Cazuza (in memoriam). A jornalista despreparada e intelectualmente desonesta publicou apenas o que lhe convinha, eu já esperava”.

2) “Soube pela então ‘entrevista’ que quem pediu a minha cabeça para a mãe do cantor foi ninguém menos que @PaulaLavigne aquela que aos 13 anos de idade fez sexo com @caetanoveloso e protagonizou a polêmica sobre a suposta pedofilia do mesmo”.

3) “Li na ‘matéria’ que a mãe do cantor havia ficado enfurecida por eu ter citado uma frase do seu filho (que no vídeo censurado citei corretamente a letra mas a ‘jornalista’ do @OGloboPolitica insiste em dizer ao contrário, prova que ñ assistiu o vídeo e agiu apenas por ordens)”.

4) “Afirma a matéria que a mãe do cantor ficou irada, pois eu atacava gays e o filho era gay. Dona Lucinha Araújo é mais uma vítima da desinformação midiática e do mau caratismo da sua amiga @PaulaLavigne – outrossim pensei que por citar um poeta gay mostraria que não sou homofóbico”.

5) “Ledo engano. Para os comunistas da esquerda caviar não há adversários e sim inimigos. @PaulaLavigne, Lucinha Araújo e outros dizem lutar contra a censura, mas me censuram. Dizem lutar contra o preconceito, mas agem de maneira preconceituosa contra mim por ser pastor e conservador”.

Via: Pleno News