Lenda do rock abandona vida homossexual: "Eu quero ser santo como Jesus"

Little Richard contou que viveu durante muitos anos como gay, mas agora reconhece que deve ser santo como Jesus.

A lenda do rock Little Richard, que se descreveu como "pansexual" e "gay" no passado, diz que está dedicando seus últimos anos a viver como Jesus e insistiu que os homens devem viver como homens, e as mulheres devem viver como mulheres, da maneira que Deus pretendia.

"Entregue tudo o que você tem a Jesus e você se sentirá muito melhor", disse Richard aos 84 anos para Danny Shelton, da Three Angels Broadcast Network, em uma entrevista gravada em setembro.

"Quando entrei no show business, eles queriam que eu parecesse com todos, exceto comigo mesmo. Eles diziam: ‘Você é homossexual e vai dizer isso para as pessoas’. Mas Deus fez homens como homens e mulheres como mulheres. TTemos que viver da forma que Deus quer que vivamos", disse ele.

Fama

Richard, que é conhecido por músicas como "Tutti Frutti" (gravada por Elvis), "Good Golly Miss Molly" e "Lucille", usava muita maquiagem e exibia um olhar efeminado durante suas apresentações. Foi eleito pela Rolling Stone o 8º maior artista da música de todos os tempos. Na entrevista, ele falou contra os "relacionamentos não naturais" nas quais ele já esteve envolvido. "Muitas pessoas simplesmente fazem tudo. Não pensam em Deus. Não querem ser parte Dele", colocou.

Richard, cujo verdadeiro nome é Richard Wayne Penniman, é citado em uma entrevista da revista GQ de 2012 dizendo: "Nós somos todos homens e mulheres. O sexo para mim é como um smorgasbord (refeição de múltiplos pratos do tipo buffet servida na Suécia). O que eu quiser, eu sou. Qualquer tipo de sexo. Eu sou pansexual".

Ele disse anteriormente para a revista Penthouse, em 1995: "Fui gay toda a minha vida e sei que Deus é um Deus de amor, não de ódio". Richard, o terceiro de 12 filhos, já foi casado com Ernestine Campbell, mas o relacionamento não durou. Ele disse que seu pai o colocou para fora de casa. “Ele disse que queria sete garotos, e que eu tinha arruinado isso porque eu era gay".

Mudanças

Aos 19 anos, seu melhor amigo Frank matou seu pai. Em uma semana, Frank estava fora da prisão. "Nós nunca descobrimos o que realmente aconteceu", disse ele.

Em sua última entrevista, Richard disse que se sua orientação sexual não estava em concordância com o design de Deus, Cristo poderia corrigi-lo. "Independentemente do que você for, Ele o ama. Eu não me importo com o que você é. Ele o ama e Ele pode salvá-lo, e Ele o salvará e Ele pode ajudá-lo. Ele irá ajudá-lo. Tudo o que você precisa fazer é dizer: 'Senhor, me toma como estou. Eu sou um pecador'. Mas todos nós pecamos e ficamos sem a glória de Deus. A única pessoa santa e justa é Jesus e Ele quer que sejamos como Ele, porque para irmos ao Céu, temos que nos parecer com Ele", disse Richard disse. "Eu quero ser santo como Jesus".

Via: Guiame