Leonardo Gonçalves desabafa sobre cantar na Marcha Para Jesus

"Por muito tempo me foquei no que nos separa, no que nos distingue, até chegar ao ponto de não conseguir considerar mais ninguém meu irmão; até porque ninguém nunca vai concordar comigo em tudo. "

Leonardo Gonçalves, um dos maiores cantores gospel do Brasil, abriu o jogo e desabafou em sua conta no Instagram nesta segunda (04). Ele costuma criticar a teologia da prosperidade, e possui uma linha de evangelização mais humanista, sem enfoque em bens ou riquezas, como não acontece em boa parte dos templos religiosos mais tradicionais brasileiros. E por conta disso acaba adotando alguns discursos de discordar de várias ações propostas por líderes evangélicos de renome.

Leonardo Gonçalves fala sobre participação na Marcha Para Jesus 2018.

Mas chamou a atenção dos internautas o fato dele ter aceitado o convite para participar da Marcha Para Jesus 2018, que é organizado pela Renascer em Cristo, mas que detém apoio de outras igrejas, como a de Silas Malafaia. Num texto publicado em seu perfil, Leonardo Gonçalves disse que por muito tempo esteve mais focado nas diferenças que tinha com essa teologia pregada do que nas coisas que o uniam às pessoas que a pregavam.

Ele lembra que o fato de não concordar com algumas coisas não podiam impedi-lo de participar de um culto de adoração a Jesus, e lembrou que ele não concorda mais com pensamentos que ele mesmo tinha há anos atrás. Por fim, agradeceu a hospitalidade desprendida pelo apóstolo Estavam Hernandes e a bispa Sônia, líderes da Renascer em Cristo e idealizadores da Marcha Para Jesus todos os anos em São Paulo. Confira:

“‘Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.’ João 17:21. Tem muita gente q acha q eu não deveria participar da marcha pra Jesus. Respeito a opinião destes. Mas participei 5a em São Paulo da 26a marcha e sábado em manaus da 25a.
Por muito tempo me foquei no que nos separa, no que nos distingue, até chegar ao ponto de não conseguir considerar mais ninguém meu irmão; até porque ninguém nunca vai concordar comigo em tudo. Eu, hoje, não concordo com muitos dos meus posicionamentos de 10 anos atrás! Descobri que quando me foco nas diferenças e no que há de, na minha opinião de hoje, negativo nas pessoas ao meu redor, isso apenas fortalece o posicionamento das pessoas que olham para mim com exatamente estes olhos. Descobri também que Deus olha para todos com misericórdia. Até para mim! E hoje acho que, por um dia, deixar as diferenças de lado para exaltar a Jesus como único Senhor não pode lá ser uma coisa de todo ruim. Deus abençoe a todos, os q concordam comigo e os que discordam de mim”, disse o cantor.

Por: Tadeu Ribeiro - Portal do Trono