Malafaia nega ter chamado caminhoneiros de vagabundos

Pastor publicou vídeo dizendo que acusação foi feita por pessoas inescrupulosas. Ele também reafirmou que foi contra a greve

O pastor Silas Malafaia publicou, nesta segunda-feira (4), um vídeo em suas redes sociais para se defender das acusações de que teria ofendido caminhoneiros. O religioso, que se posicionou contra a greve, nega ter se referido à categoria como “vagabundos”. Malafaia disse que pessoas inescrupulosas espalharam seus vídeos afirmando que ele teria feito a ofensa aos manifestantes.

– O povo prefere acreditar em um inescrupuloso do que na própria pessoa que está sendo acusada. O problema das redes sociais é que as pessoas estão acreditando em famosos anônimos – ressaltou.

Ele também voltou a defender sua posição contra a greve dos caminhoneiros, encerrada na semana passada. Ele disse que a diferença de opiniões é normal na democracia e que sua posição a respeito das manifestações é um direito.

– Eu fui contra a greve. É um direito meu. É um direito meu ser contra e você ser contra mim. Isso é inteligência, é democracia. Eu fui contra porque o Brasil tem um problema conjuntural e está aí o resultado. Adiantou muito pouco para eles e tudo aumentou. Você pode discordar de mim, agora distribuir vídeo calunioso e mentiroso. Falar do que não ouviu? Eu fico com vergonha – explicou.

Fonte: Pleno News